Zero Fill: O que é?

Acho que todos já se desesperaram por ter excluído sem querer um arquivo do computador, não é mesmo? Pois bem, saiba que você não apagou o arquivo de forma definitiva. Ou seja, é possível fazer a recuperação daquele arquivo. Mas este post não é para ensinar como recuperar um arquivo deletado, e sim para orientar como deletar, de VERDADE, um arquivo. Se você tem algo sigiloso e possui receio que alguém possa recuperar, recomendo que leia o post até o fim.

Antes de darmos inicio aos procedimentos vou explicar de uma forma simples o que acontece quando deletamos um arquivo da maneira padrão.

Quando deletamos um arquivo em nossos computadores, o arquivo ainda assim não é excluído literalmente do HD, isso acontece porque ele não está excluindo o arquivo em si, e sim sua referência no disco rígido. Uma vez que a referência do arquivo é excluída, o disco rígido não pode mais ver o arquivo, assim seu espaço deixa de ser reservado, dando lugar para outros arquivos, significando que o arquivo não será mais legível para o computador. Como o arquivo ainda está ‘tecnicamente’ lá, você pode recuperá-lo, basta reconstruir seus dados (explicado no post como referência) com softwares específico para que assim o computador possa reconhecer novamente aquele arquivo. Isso só é possível caso nenhum outro arquivo ou dados tenha sido gravado na parte do arquivo excluído. (Isso pode acontecer quando você tenta recuperar um arquivo muito antigo).

Certamente você já deve saber que a forma de remoção padrão não é a mais agradável para sua segurança, então lhe apresento uma forma mais segura conhecida como: Zero Fill. – Mas que diabos é Zero Fill?!

Zero Fill é um método que utilizamos quando queremos de fato limpar tudo no HD. Geralmente as empresas fabricantes de HD’s possuem seus próprios softwares de zero fill, mas não será o meu foco redirecionar vocês à isso, apresentarei uma solução mais confiável que é baseada em Linux.

Pois bem, a solução chama-se DBAN. – Novamente, que diabos é DBAN?!

DBan é a abreviação de Darik’s Boot and Nuke, um software de Zero Fill de código aberto, baseado em Linux. Ele trabalha de diversas formas, dispõe de várias opções de limpeza e por isso vou explicar como funciona tais opções.

84358
Esta e a tela inicial, onde dispõe de uma opção chamada ‘autonuke’, onde todo o processo é realizado automaticamente. O nosso foco está em explorar as opções, então a mais adequada é pressionar enter e esperar carregar a segunda tela inicial.
dban2
Na segunda tela, você verá o seu HD e no canto inferior algumas informações com seus hotkeys.

P=PRNG – Abreviação de Pseudo Random Number Generator, como diz no próprio nome, ele está encarregado em gerar bits completamente aleátorios, o que é muito importante quando queremos limpar um HD. (Saiba mais aqui: https://en.wikipedia.org/wiki/Pseudorandom_number_generator) O DBan possui dois tipos de método para o PRNG, como já consta suas descrições, não entrarei em tantos detalhes para não ficar muito extenso.

M=Method – Método de limpeza, é um grande determiandor do tempo que será gasto. O metódo de Guttmann não é tão aconselhável para HD’s modernos, o mais aconselhável entre os selecionados seria o PRNG.

R=Round – Número de verificações que serão feitas no HD, para que tudo seja de fato apagado e que não haja setores defeituosos. Sendo 4 para uma segurança moderada, e 8 para uma segurança avançada. (Isto também determina e muito o tempo gasto no zero fill, sendo quanto maior o número em um limite de 1 à 8, mais demorada e mais segura será a limpeza).

J=UP – Mover para cima

K=Down – Mover para baixo

Space=Select – Selecionar o HD para limpeza

F10=Start – Começar todo o procedimento

Considerações finais

Como ter certeza se os arquivos de fato serão apagados?

Não existe uma certeza ~DE FATO~ para nada quando o assunto é segurança. As coisas podem mudar do dia para a noite, a tecnologia ela é constante, sempre se mantendo em evoluções, muitas vezes indo para fins que nunca imaginaríamos. Um dos grandes agravantes para sua limpeza ser de fato plena são os métodos escolhidos, existe diversos que podemos achar por aí como: Method Schneier, PRNG, DoD, Method Gutmann, métodos da inteligência russa, inteligência americana e muitos outros que podem surgir dia após dia. Basta você escolher o que atender melhor as suas especificações e para isso é claro que será necessário um mínimo de estudo, você está lidando com coisas sensíveis, se não quiser ter esforço, você com certeza já vai estar no caminho errado.

Ou ignore tudo isso, pegue seu HD, quebre-o com marretadas, mas não esqueça de destruir o disco físico que está dentro dele. (Isso é garantia).

Conheça o DBAN: https://dban.org

Anúncios