Por que escolhi GNU/Linux ?

De primeiro eu até pensei colocar o título desta publicação como: “Por que é importante amantes de T.I utilizarem Linux”, mas repensei e preferi tornar esta publicação mais pessoal, sendo a minha própria opinião e história.

Por que escolhi GNU/Linux, ou porque escolher Linux como sistema operacional principal ?
Você pode ter uma opinião diferente da minha, mas não pode discordar: No ambiente GNU/Linux somos forçados àprender diversas coisas. O que acaba tornando tudo maravilhoso. No GNU/Linux temos uma visão mais ampla e limpa de tudo! Por ser tratar de “Open Source” ninguém pode te esconder nada!
Eu gosto de dizer que o GNU/Linux simplesmente joga tudo na sua cara, independente de quem você seja e do que você esteja utilizando / fazendo. Se houver um error, você verá. Se não houver um error, você verá. Você tem tudo em suas mãos, você é quem comanda tudo (Uma sensação de poder maravilhosa, diga-se de passagem). Digo por experiência própria que mesmo você sendo um leigo, mas antes de tudo, um amante de T.I, você conseguirá dominar o GNU/Linux. Se você for uma pessoa curiosa, que gosta de saber o porque de tudo, gosta de pesquisar e de ir atrás de informações relevantes, eu digo: GNU/Linux é sim para você!

Não estou querendo desmerecer outros sistemas, como Windows, são propósitos diferentes. Exatamente por esse motivo eu restrinjo a postagem para “Amantes de T.I”, pois acredito que tornar geral possa ser mais complicado, visto que muitas pessoas não se interessam pela parte do Sistema Operacional.

A partir de uma visão pessoal:

Eu sempre me entendiava fácil, e de alguns anos pra cá, eu já tinha perdido completamente o tesão em jogar jogos online. (O último que me viciou foi Diablo 3, em 2012). Logo pensei em ir atrás de coisas diferentes, que chamassem a minha atenção. Desde muito novo eu tenho acesso à computadores (Desdes os 2 anos de idade talvez). Sim eu já nasci com um PC com internet discada em casa. Enfim, eis que conheço uma palavra chamada “Deep Web”, em 2013. E a partir daí é só história, logo em seguida conheci o GNU/Linux e não parei mais. Vi muitos desafios pela frente, tive DIVERSAS dificuldades com o GNU/Linux, sendo que meu antigo computador não rodava muito bem as distros GNU/Linux. A única que rodava era o Debian 7 com algumas alterações no boot. Fiquei completamente surpreendido com o ganho de desempenho e também pelo mundo novo em que eu estava entrando. Era simplesmente fantástico. Ao decorrer do tempo fui adquirindo conhecimento, correndo atrás de informação, descobrindo que a maioria do conteúdo em pt-BR é ruim e desatualizado, que eu tinha que me basear em conteúdos em inglês por serem de maior confiança.
Ao passar do tempo, lendo wikis, artigos e diversas coisas, já estando com um computador diferente e que rodava outras distros com facilidade, fui para o Arch Linux, onde conheci um mundo mais fantástico ainda, principalmente sua Wiki que é ALTAMENTE RECOMENDADA. E claro, o AUR que é uma belezinha. No Arch Linux a história era diferente, pois não existe um instalador GUI, você monta o sistema do zero, a partir da linha de comando *CLI. Então aí você imagina quantas vezes eu errei para acertar um dia, né?! Mas eu sempre gostei de desafios e nunca desisti deles (por mais que desanimava várias e várias vezes), até que um dia eu consegui e logo em seguida acabei dominando.
Tempos do epois conheci a distro Gentoo Linux, era outro desafio, pois a sua estrutura era completamente diferente. Porém tinha a mesma história do Arch Linux, instalar do zero, na linha de comando. Partições, Localidade, Kernel, Gerenciador de Boot, dentre uma infinidade de coisas que constitui um sistema GNU/Linux. Minhas primeiras tentativas também foram um fiasco. Eu até conseguia instalar o sistema mas sempre dava algum problema no final. E vale ressaltar que uma instalação do Gentoo Linux demora de 8 à 12 horas completas. Por se tratar de uma distro source-to-compile, ela compila todos os pacotes do seu código fonte, se adequando melhor em seu sistema.
E foi cada problema enfrentado no Gentoo… se detalhar acaba se tornando um livro. Mas é claro que após um LONGO tempo eu consegui obter êxito, e o meu gosto foi tanto, que acabou se transformando na distro que eu mais uso e gosto! Pela sua história, pela sua comunidade, que é fantástica, pela forma que aborda os pacotes (você pode customizar use-flags, tornando cada pacote MUITO mais flexível)… Enfim, são muuuuitas coisas!

E para finalizar, eu posso garantir que 50% do meu conhecimento GERAL em T.I é graças ao GNU/Linux. Se eu não conhecesse e não buscasse por informação e novos desafios, com certeza eu não teria propriedade para ser um amante de T.I ou qualquer coisa da área.

Se você busca desafios, conhecimento e é um pouco preguiçoso assim como eu, o GNU/Linux irá te ajudar dando um empurrãozinho. Acredite, ele fará você correr atrás de novas informações, seja para corrigir algum bug, ou para ler algum artigo interessante que gere mais conhecimento para você mesmo.

Anúncios