Criptografe de maneira simples com Enigmail

Para àqueles que não conhecem, Enigmail é uma ferramenta de criptografia muito poderosa para o cliente de E-mail Thunderbird. Devo confessar que eu tive dificuldades com utilização de PGP/GPG, e incrivelmente esta ferramenta facilitou absurdamente a minha vida. Segue uma introdução mais detalhada do que significa:

“O Enigmail é um plugin para o o Mozilla Thunderbird que adiciona a este a função de criptografar, descriptografar, assinar e verificar assinaturas dos e-mails com o GnuPG pressionando apenas um botao no próprio Thunderbird.

O software conta ainda com um gestor de chaves e com regras automáticas por destinatário.”

https://pt.wikipedia.org/wiki/Enigmail

Ele é compatível tanto para Linux quanto para Windows. Caso utilize Linux, precisará do Gnupg instalado, e caso utilize Windows, precisará do Gpg4win instalado. Além do, claro, Cliente de E-mail Mozilla Thunderbird. (Disponível para Windows e Linux)

Chega de conversa e agora vamos para utilização do plugin.

Passo 1: Adicionando o Plugin ao Thunderbird

Vá até Add-ons e pesquise por Enigmail

1

PS: Como eu já tenho instalado, não vai aparecer, mas no seu sim! – Clique em instalar e reinicie o Thunderbird.

2

Agora vamos configurar o Enigmail!

Após ter reiniciado, você vai se deparar com uma imagem parecida com esta:

Selecione a primeira e avance.

4

PS: Como eu já possuo configurações anteriores o meu está diferente, mas o processo é muito simples.

Selecione a opção criar uma nova key (Provavelmente já estará selecionada) e avance.

5

Nesta parte você escolhe a conta que quer criptografar e após escolha uma senha.

6

Nesta etapa vai gerar sua Key, pode demorar ou não, depende da sua máquina.

Após ter gerado, clique em “Create Revocation Certificate”.

Lembrando que este certificado será a sua “Private Key”, e só será usado caso esqueça a senha. Selecione a unidade em que quer salvar e guarde num lugar seguro.

7

Pronto! Acabou, você já pode usar!

8

Para utilizar a criptografia em seu e-mail, basta selecionar o cadeado e pronto! O email enviado estará criptografado.

Em imagens para uma melhor compreensão:

Não critografado

9

Após ter clicado no cadeado. Criptografado!

screenshot_2016-10-25_11-47-15

E também possui a opção de anexar a sua Public Key para uma melhor interação entre vocês.

Viu só como é simples, né? Espero que tenham gostado e até a próxima!!

Anúncios

Como configurar e usar o Bitmessage

No post passado eu apresentei para vocês o Bitmessage. Nesse post estarei ensinando a como configurar e a utilizá-lo! Se você não viu o primeiro post, corre lá -> https://zilionweb.wordpress.com/2015/05/10/bitmessage/

Configurando o BitMessage não poderia ser mais fácil. Eu estarei cobrindo o básico com o Windows aqui, embora ele deve ser sobre o mesmo com o Mac OS X e Linux. Uma vez que você abriu BitMessage você vai precisar para criar uma “identidade” ou dois como eles são referidos.

youridentities

Comece indo para a guia ‘your identities’ e clicando em ‘new’. Você verá duas opções de pop-up, que permite que você faça um gerador de números aleatórios e outro que usa uma senha para fazer endereços. Eu sugiro que você use uma senha para fazer o seu endereço(s) como então você vai ser capaz de usar essas identidades em outra máquina ou outra instalação do BitMessage. Se você escolher esta opção, você também terá um número de endereços para fazer, o padrão é oito.

createidentities

Uma vez que você tenha decidido sobre uma senha vá em frente e encontre um bom lugar para armazená-lo ou ter algo fácil de lembrar. Não há kit de recuperação de senhas BitMessage perdidos. Você também vai precisar do número da versão do endereço para replicar estes endereços em outro computador (eu também registro o número Stream).

Envio e recebimento de sua primeira mensagem

Então você tem o seu cliente configurado e você gostaria de realmente usar essa coisa. Bem, se você gostaria de enviar uma mensagem de teste você pode enviar uma para mim e eu vou enviar outra em seguida. Vá para a aba “send” do cliente e digite o seguinte endereço no campo “to”:

BM-2DBXxtaBSV37DsHjN978mRiMbX5rdKNvJ6

Uma vez que você tenha feito isso basta escolher um dos seus endereços para usar como um endereço ‘From’ e preencha sua mensagem de teste. Uma vez que a mensagem é completa, clique em enviar. Vai demorar alguns minutos para que a mensagem seja processada e enviada por isso não desligue o BitMessage ou o computador durante esse tempo.

sendmessage

E pronto, você aprendeu a como utilizar o Bitmessage.

Esse texto foi traduzido do site CryptoJunky

Bitmessage

Bitmessage é um protocolo de comunicações P2P usado para enviar mensagens criptografadas para outra pessoa ou para muitos assinantes. É descentralizado e desconfiado, o que significa que você precisa, não inerentemente confia quaisquer entidades como autoridades de certificação raiz. Ele usa uma autenticação forte, o que significa que o remetente de uma mensagem não pode ser falsificada, e tem como objetivo ocultar dados “sem conteúdo”, como o remetente e o destinatário de mensagens, de bisbilhoteiros passivos como os que executam programas de escutas telefônicas ilegais. Se Bitmessage é completamente novo para você, você pode querer começar por aqui.

Download
Um cliente de código aberto está disponível gratuitamente sob a licença MIT. Para screenshots e uma descrição do cliente, consulte este artigo: “Como configurar e usar Bitmessage”.

Download para Windows
Download para OS X
Compile para Linux

Código Fonte

Você pode ver o código fonte no Github. Bitmessage requer PyQt e OpenSSL. Passo-a-passo sobre como executar o código fonte no Linux, Windows ou OSX está disponível aqui.

Auditoria de segurança necessários
Bitmessage está na necessidade de uma auditoria independente para verificar a sua segurança. Se você é um investigador capaz de rever o código-fonte, por favor envie um e-mail para o principal desenvolvedor. Você estará ajudando a criar uma grande opção de privacidade para as pessoas em todos os lugares!

Texto Retirado do site oficial (em inglês)

Criptografe utilizando Veracrypt

O Veracrypt é um programa muito similar ao Truecrypt, se você já utilizou em algum momento o Truecrypt, com certeza não terá dificuldades com o Veracrypt. Segue o tutorial para iniciantes explicando passo a passo de como criptografar uma unidade com o Veracrypt. ETAPA 1 Baixe e instale VeraCrypt. Em seguida, inicie VeraCrypt clicando duas vezes […]