Deep Web: Uma visão mais social

De antemão venho dizer que o intuito da comparação não está em ser técnica, e sim social. Além de uma opinião pessoal.

Mas como assim, social?
– Digamos assim… queremos mostrar os comportamentos. Pode parecer meio óbvio que nossos comportamentos são um pouco, ou dependendo da pessoa, muito, diferente.

Tendo em base este post, você poderá ter uma ideia de como são, e como agem as pessoas estando em uma rede anônima. “Completamente” protegidas pelo anonimato.

Inicialmente podemos reparar que as pessoas são muito mais cautelosas, e também mais prestativas. Sim, as pessoas querem te ajudar, e não há segundas intenções como propagandas e afins como existe na surface. Não é à toa você ver em excesso dezenas de sites sendo ‘how to’ (ensinando algo), seja para o que você quiser, para qualquer propósito. E por quê isso é mais expressivo do que na surface? – Simples. Um dos principais, senão o mais principal, é estar anônimo e dificultar a censura *invasores. Ou seja, todos agem para um bem maior, assim beneficiando todos que fazem uso da rede.

A maioria das pessoas estão lá (deep web) por diversos propósitos, muitos deles podem ser diferentes, mas um é bem comum entre todos. A liberdade. Ninguém quer te oprimir por ver conteúdos que são considerados obscenos, por mais que seja moralmente errado e um GRANDE incômodo para as pessoas, respeitamos sua decisão. Esse é o resultado da liberdade. As pessoas podem ser e fazer o que bem entender, ninguém estará para dizer o que você já sabe. Enquanto em lugares mais abertos, como surface, existe toda uma forma odiosa de rebater opiniões e conteúdos que vão contra o censo comum.

Ainda não entendeu? Pois bem, vamos tornar a explicação mais minuciosa.
Dentro de redes anônimas, existe diversos grupos de pessoas que consomem o mesmo conteúdo, ou que praticam atividades parecidas. Alguns deles são: Criminosos atuando em mercado negro, pedófilos atuando em reprodução de conteúdo pornográfico infantil, outros criminosos atuando fora de mercado negro com sites de serviços específicos, pessoas expondo conteúdos sigilosos e pessoas compartilhando conteúdo pirata.

*Óbvio que existe muito mais e que a cada dia pode surgir novos, só estou citando alguns exemplos maiores.

Pois bem, esses grupos se ajudam. Todos possuem o mesmo intuito: Não serem pegos. Se um cai, a probabilidade de outros caírem se torna muito expressiva.
Ninguém está afim, ou possui tempo para querer derrubar o outro.

Então porque o anonymous, há alguns anos atrás, denunciou para a polícia diversos sites de pedófilos com suas identidades reais?
Por que eles possuem a sua própria definição do que seria liberdade, mesmo que possa estar errada, ninguém gosta de pedófilos. De uma visão superficial isso é ótimo, mas de uma visão filosófica e mais profunda, isso afeta o que a rede tenta dispor: Liberdade. Infelizmente é uma calamidade, o mundo não é perfeito e não somos perfeitos. Leis por lá não funcionam, combater certos tipos de coisa é como cortar a cabeça de uma hydra. Nascerá mais ainda. Vamos lutar contra isso de uma forma mais consciente e menos repressiva. Violência gera violência, respeito gera respeito.

Talvez tudo isso que tenho tratado aqui possa ser completamente diferente do que você pensa, e isso é ótimo. Vamos discutir ideias, vamos tentar entender o porque das coisas. Está afim de discutir? Então deixe sua opinião nos comentários, será muito bem-vinda!

Anúncios

O porquê de deixar 24hs ligado a Freenet/i2p

Você provavelmente em alguma ocasião já deve ter visto que recomendam deixar 24hrs ligado algumas redes anônimas, pois bem, explicarei de uma forma simples o porquê.

Em redes como Freenet, I2P, etc.. que são peer-to-peer, recomenda-se deixar 24hrs ligado. A explicação é bem simples: Dificultar o rastreamento. Em outras palavras, tornar você mais seguro. Suponhamos que você precise toda hora ligar e desligar.. se caso você esteja em observação ou correndo algum risco, você acabará simplificando o seu rastreamento. E é claro que você não quer isso. Imagina você saindo e entrando toda hora, seu nó pode ficar em evidência e com isso podem chegar até você.

Explicação mais técnica (Freenet)

Vou tomar de base a Freenet.

Normalmente inicia-se na Freenet no modo “opennet”, ou seja você conecta à todos  e todos podem conectar à você – e todos podem ver você conectado (seu nó) assim como você também pode ver os que estão em opennet -. Isso não significa que ninguém esteja anônimo, ao contrário de redes abertas, a Freenet é anônima, ou seja, mesmo que possam ver, ninguém sabe de fato que é você. Quando você começa entrar e sair e está em destaque por algum motivo, passa a ser mais evidente que certo nó pode ser o seu e com isso, caso a pessoa descubra alguma vulnerabilidade da própria Freenet, ela poderá chegar até você. (Assustador, não? Pois é, há pouco tempo teve uma falha assim).

Medidas que podem prevenir sustos: Alterar a porta FCP padrão, e deixar sempre que possível ligado.

*Isso são medidas extremas, caso você não faça, não significa que algo acontecerá a você ou que alguém irá atrás de você.. a explicação cabe para exemplificar o porque de ser recomendado deixar 24hs ligado.

Como obter um endereço .onion costumizado

Você já se perguntou como faz para personalizar um link .onion? Sabe aqueles links que você vê com inicias legíveis, como por exemplo, ‘wiki…onion” ou algo semelhante. Pois bem, ensinarei como é fácil obter o seu próprio.

Primeiro iremos utilizar uma ferramenta chamada Shallot. Você pode acessá-la aqui.
Obtenha em seu diretório com o comando ‘git clone’

# git clone ‘https://github.com/katmagic/Shallot

Segundo, iremos compilar a ferramenta para que possamos usar futuramente.
Dentro da pasta, execute os seguintes comandos:

# ./configure && make

OBS: Você deve ter instalado em seu sistema ferramentas básicas de compilação como GCC, make, e afins. Em sistemas Debian/Ubuntu isto vem no pacote build-essentials.

Utilizando a ferramenta

A utilização é simples, basta rodar o seguinte comando.

# ./shallot ^NOME
Screenshot_20170626_041626

Lembrando que você tem um limite de caracteres, para entender melhor veja abaixo:

1 Caracteres: 1 segundo
2 Caracteres: 1 segundo
3 Caracteres: 1 segundo
4 Caracteres: 2 Segundos
5 Caracteres: 1 minuto
6 Caracteres: 30 minutos
7 Caracteres: 1 dia
8 Caracteres: 25 dias
9 Caracteres: 2 anos e meio
10 Caracteres: 40 anos
11 Caracteres: 640 Anos
12 Caracteres: 10 milênios
13 Caracteres: 160 milênios
14 Caracteres: 2 milhões e meio de anos.

Isto em um processador básico de 1.5 ghz, podendo variar.

Instalação no servidor TOR

Se você colocar a chave privada RSA (incluindo seu cabeçalho e rodapé) em um arquivo chamado private_key no HiddenServiceDir que você especificou no seu torrc, então, quando você reiniciar seu Tor, um arquivo de nome de host será criado no HiddenServiceDir que contém seu novo e brilhante endereço onion.

Por que escolhi GNU/Linux ?

De primeiro eu até pensei colocar o título desta publicação como: “Por que é importante amantes de T.I utilizarem Linux”, mas repensei e preferi tornar esta publicação mais pessoal, sendo a minha própria opinião e história.

Por que escolhi GNU/Linux, ou porque escolher Linux como sistema operacional principal ?
Você pode ter uma opinião diferente da minha, mas não pode discordar: No ambiente GNU/Linux somos forçados àprender diversas coisas. O que acaba tornando tudo maravilhoso. No GNU/Linux temos uma visão mais ampla e limpa de tudo! Por ser tratar de “Open Source” ninguém pode te esconder nada!
Eu gosto de dizer que o GNU/Linux simplesmente joga tudo na sua cara, independente de quem você seja e do que você esteja utilizando / fazendo. Se houver um error, você verá. Se não houver um error, você verá. Você tem tudo em suas mãos, você é quem comanda tudo (Uma sensação de poder maravilhosa, diga-se de passagem). Digo por experiência própria que mesmo você sendo um leigo, mas antes de tudo, um amante de T.I, você conseguirá dominar o GNU/Linux. Se você for uma pessoa curiosa, que gosta de saber o porque de tudo, gosta de pesquisar e de ir atrás de informações relevantes, eu digo: GNU/Linux é sim para você!

Não estou querendo desmerecer outros sistemas, como Windows, são propósitos diferentes. Exatamente por esse motivo eu restrinjo a postagem para “Amantes de T.I”, pois acredito que tornar geral possa ser mais complicado, visto que muitas pessoas não se interessam pela parte do Sistema Operacional.

A partir de uma visão pessoal:

Eu sempre me entendiava fácil, e de alguns anos pra cá, eu já tinha perdido completamente o tesão em jogar jogos online. (O último que me viciou foi Diablo 3, em 2012). Logo pensei em ir atrás de coisas diferentes, que chamassem a minha atenção. Desde muito novo eu tenho acesso à computadores (Desdes os 2 anos de idade talvez). Sim eu já nasci com um PC com internet discada em casa. Enfim, eis que conheço uma palavra chamada “Deep Web”, em 2013. E a partir daí é só história, logo em seguida conheci o GNU/Linux e não parei mais. Vi muitos desafios pela frente, tive DIVERSAS dificuldades com o GNU/Linux, sendo que meu antigo computador não rodava muito bem as distros GNU/Linux. A única que rodava era o Debian 7 com algumas alterações no boot. Fiquei completamente surpreendido com o ganho de desempenho e também pelo mundo novo em que eu estava entrando. Era simplesmente fantástico. Ao decorrer do tempo fui adquirindo conhecimento, correndo atrás de informação, descobrindo que a maioria do conteúdo em pt-BR é ruim e desatualizado, que eu tinha que me basear em conteúdos em inglês por serem de maior confiança.
Ao passar do tempo, lendo wikis, artigos e diversas coisas, já estando com um computador diferente e que rodava outras distros com facilidade, fui para o Arch Linux, onde conheci um mundo mais fantástico ainda, principalmente sua Wiki que é ALTAMENTE RECOMENDADA. E claro, o AUR que é uma belezinha. No Arch Linux a história era diferente, pois não existe um instalador GUI, você monta o sistema do zero, a partir da linha de comando *CLI. Então aí você imagina quantas vezes eu errei para acertar um dia, né?! Mas eu sempre gostei de desafios e nunca desisti deles (por mais que desanimava várias e várias vezes), até que um dia eu consegui e logo em seguida acabei dominando.
Tempos do epois conheci a distro Gentoo Linux, era outro desafio, pois a sua estrutura era completamente diferente. Porém tinha a mesma história do Arch Linux, instalar do zero, na linha de comando. Partições, Localidade, Kernel, Gerenciador de Boot, dentre uma infinidade de coisas que constitui um sistema GNU/Linux. Minhas primeiras tentativas também foram um fiasco. Eu até conseguia instalar o sistema mas sempre dava algum problema no final. E vale ressaltar que uma instalação do Gentoo Linux demora de 8 à 12 horas completas. Por se tratar de uma distro source-to-compile, ela compila todos os pacotes do seu código fonte, se adequando melhor em seu sistema.
E foi cada problema enfrentado no Gentoo… se detalhar acaba se tornando um livro. Mas é claro que após um LONGO tempo eu consegui obter êxito, e o meu gosto foi tanto, que acabou se transformando na distro que eu mais uso e gosto! Pela sua história, pela sua comunidade, que é fantástica, pela forma que aborda os pacotes (você pode customizar use-flags, tornando cada pacote MUITO mais flexível)… Enfim, são muuuuitas coisas!

E para finalizar, eu posso garantir que 50% do meu conhecimento GERAL em T.I é graças ao GNU/Linux. Se eu não conhecesse e não buscasse por informação e novos desafios, com certeza eu não teria propriedade para ser um amante de T.I ou qualquer coisa da área.

Se você busca desafios, conhecimento e é um pouco preguiçoso assim como eu, o GNU/Linux irá te ajudar dando um empurrãozinho. Acredite, ele fará você correr atrás de novas informações, seja para corrigir algum bug, ou para ler algum artigo interessante que gere mais conhecimento para você mesmo.

Lolita Slave Toys

Talvez seja uma das histórias que mais abrangeu público ao decorrer dos tempos. Uma história, que de certa forma, foi tida por muitos como real, e que hoje sabemos que não é. Ou que pelo menos uma parte saiba.

Antes de conhecermos a história, devo salientar que é algo PESADO para qualquer tipo de pessoa. Apenas leia a história caso possua um psicológico adequado para tal. E por último; se você possuir uma boa percepção verá o quão absurdo (irreal) é contado na história. …Senta que lá vem a história…

Vamos entender um pouco mais à respeito da história. Lolita Slave Toys são crianças (meninas) de orfanato entre 8 à 14 anos tidas como bonecas sexuais. E para que seja, essa tal boneca, é necessário que todas estejam amputadas, sem braços e pernas, sem cordas vocais, sem visão, sem sentido algum, e por ai vai… Tudo feito por um único pseudo cirurgião –fundo de quintal-. Elas estão estipuladas entre 30 mil à 40 mil dólares.

Essa história, não sabemos ao certo onde nasceu, há opiniões divididas entre o 4chan e a própria Deep Web. Apenas possuímos a certeza de que foi em fóruns da Deep Web onde a história se expandiu e se aprimorou.
Hoje todo o conteúdo original está fora do ar, pois os fóruns na Deep Web que tratam de assuntos criminosos, possuem uma “data de validade”.

O que trago à vocês é o mais próximo da história que foi tanto propagada pela internet. E não, não é apenas texto, há uma imagem que confirma a veracidade deste post. Sem mais delongas, vamos para a história.

  • A tradução foi feita por mim, pode haver erros. Peço encarecidamente, caso encontre erro, poste nos comentários a correção pois assim estarei corrigindo o mais rápido possível.
Imagem retirada de um fórum na Deep Web. Pouparei dos detalhes do mesmo.

Segue a tradução:
“Eu crio Lolita Slave Toys. Caso você esteja se perguntando o que seria, quero dizer; É muito simples: Eu transformo meninas em brinquedos sexuais fáceis de controlar. É isso aí. As Lolitas não podem ir embora, não podem resistir, não podem contar nada; Elas estão apenas lá para o seu divertimento sádico. Curioso como?

Eu sou um cirurgião que vive em um desses países na periferia do leste da Europa. Uma sociedade muito áspera ainda, a pobreza é enorme e, a menos que você tenha dinheiro e conexões, você está fodido. Podemos dizer que tenho ambos. Nós também temos meninas lindas aqui, os países da Europa Oriental são bem conhecidos por isso. Felizmente (para mim) algumas destas meninas não têm mais pais ou parentes e vivem em orfanatos. Na verdade eu não chamaria isso de vida, é inacreditável o que você vai encontrar lá.

Algumas meninas muito jovens têm sorte e acabam sendo adotadas, mas com 8 ou 9 anos de idade são muito velhas. Algumas das garotas mais bonitas são vendidas para prostituição.
Eles nunca perguntam e eu nunca digo.. Eles sabem que eu sou um cirurgião; Eles provavelmente pensam que eu faço alguns experimentos com as meninas ou cortar e vender seus órgãos.
Mas não, eu encontrei um negócio muito mais rentável; Eu transformo as meninas em brinquedos sexuais.
Você pode encomendar um Lolita Slave Toy se você quiser. Elas não são baratas; Eu cobro entre 30.000 à 40.000 dólares por um brinquedo. E sem custos de envio.

Mas: Você terá uma Lolita Slave Sex Toy, que lhe dará satisfação por muitos anos, ela é como uma boneca, mas ela é uma boneca viva!

Deixe-me dizer-lhe como transformar uma jovem órfã em uma boneca viva. Quando eu encontrar uma menina nova, adequada, vou pedir ao orfanato para entregá-la em minha casa. Ela vai chegar nua, amarrada e com os olhos vendados. Depois de uma breve inspeção e um rápido exame médico vou levá-la à minha clínica especial em minha casa. Primeiro vou limpá-la muito bem. Essas garotas realmente cheiram mal e são imundas; Elas não costumam tomar banho. Quando ela está finalmente limpa eu irei colocá-la em uma cama de hospital e dar-lhe uma injeção que vai colocá-la para dormir.

Vou criar-lhe uma nova identificação e dar-lhe um novo nome – Eu não sei o nome real das meninas, eu só sei a sua idade; isso é tudo que preciso. No orfanato, todos os dados que tiverem dela serão destruídos. Ela nunca existiu. Ela de agora em diante só existe como um brinquedo. Agora eu tenho um par de Lolita Slave Toys; Dasha, que tem 11 anos e está no estágio final de sua transformação. Tanya, que agora tem 12 anos; Dois anos desde que eu a criei, e Luda, que tem 14 anos e que está grávida de 4 meses.

Na manhã seguinte é a grande operação. A menina ainda vai dormir por causa do anestésico de ontem à noite. Coloquei-a na mesa de operação e administrei anestésicos para a operação. Então, se você estava se perguntando por que meu brinquedo não vai resistir ou ir embora; muito simples; Eu amputei suas pernas e braços! Vou amputar seus braços logo acima de seus cotovelos e suas pernas bem acima de seus joelhos. Fácil não é? Esta garota nunca vai fugir de você!

Para a menina esta é uma operação muito pesada e é provavelmente a etapa mais crítica no processo de transformação. Mas na maioria das vezes elas sobrevivem.

Agora não vou deixar as meninas com tocos nos braços e nas pernas. Vou anexar uma barra de metal de 5 centímetros muito firmemente para o braço e as pernas antes de costurar as feridas. A outra extremidade da barra de metal tem uma rosca de parafuso, onde anexo um anel. Quando ela estiver pronta, segura-a facilmente com uma corrente ou cadeado para qualquer objeto que você quiser! Minhas Tanya e Luda normalmente possuem uma corrente atrás de suas costas unidas à ambos os anéis nos tocos de seus braços. Ela manterá seus braços bem perto dele.

No início você tem que realmente cuidar das feridas nos tocos para evitar infecções. Uma vez que a ferida é curada completamente colocará uma tampa do silicone sobre o coto. O exterior da tampa é coberto com veludo e isso realmente parece muito doce, apesar dos anéis bastante cruéis no final do que é deixado de seus braços e pernas. Depois de alguns meses, quando as pernas e os braços estão totalmente recuperados você pode colocar mais pressão sobre os anéis. Eu comecei anos atrás para pendurar Tanya e Luda em seus braços e pernas no teto. É uma forma interessante de decoração em seu quarto para ter um Lolita nua pendurado em seu teto! E é muito bom usar sua buceta ou boca quando ela está pendurada assim.

Mas antes disso é um longo caminho a percorrer. A operação ainda não está pronta. Em seguida, cortarei também suas cordas vocais. Assim ela não pode mais falar ou até mesmo fazer barulhos e remover os dentes de sua boca. Quando eu tiver removido todos os seus dentes e implantar uma camada de silicone com uma camada superior macia em suas mandíbulas. Ela ainda será capaz de dar socos. Mas ela não pode mais morder seu pau. É realmente muito bom; A camada superior macia dá-lhe um tipo da massagem.

O implante de silicone é no entanto absolutamente necessário; Se não fosse, sua boca pareceria uma avó desdentada. Isso vai manter sua boa aparência. Para continuar a manter sua boca em boa forma, ela usará uma bola de mordaça na maioria das vezes. Isso soa um pouco obsoleto porque eu cortei seu acorde vocal e ela não pode falar de qualquer maneira, mas isso é só por causa da estética. Uma garota amordaçada simplesmente parece boa e além de alimentar, beber e foder, ela não precisará mais de sua boca.

Uma vez que a operação está pronta eu vou dar a menina uma ou duas semanas para recuperar e deixar as feridas curar. Que a sua formação comece…

Ela não é mais uma garota comum, mas é um brinquedo. Há um monte de coisas que ela tem que aprender. Já que ela não tem dentes ela não pode comer. Ela tem que ser alimentada novamente como um bebê. Eu realmente alimento-a uma vez por dia com uma mamadeira e uma fórmula infantil, porque contém todos os minerais e vitaminas. Não lhe dou mais pois; Eu não quero que ela fique gorda, porque ela não pode se mover mais. Você tem que ter cuidado com isso.

Ela começa a beber em uma garrafa de bebê com água, chá ou limonada três das quatro vezes por dia, então ela consome cerca de 2 litros de líquido por dia. Isso é suficiente para mantê-la saudável. No início vou colocar a garrafa em sua boca, mas em breve eu vou apenas colocar a garrafa ao lado dela, então ela terá que colocar em sua boca sozinha. É preciso alguma prática para levar a garrafa em sua boca sem ter braços, mas, eventualmente, ela consegue agarrar uma garrafa com a boca, rolar de costas e beber. Uma vez que ela perceba o truque irei vendá-la antes que ela receba a sua garrafa; Antes de seu treinamento terminar, ela deve ser capaz de encontrar a garrafa e beber sem ser capaz de se mover..

A comida e bebida tem de sair novamente, então você tem que colocá-la no banheiro algumas vezes por dia. Uma vez que ela não pode mover você tem que levantá-la e trazê-la para o banheiro. Quando eu estou fora eu normalmente coloco um cateter em sua trilha urinária. Uma vez que ela não come muito, ela não caga muito também.

Embora ela não possa mais falar, eu ainda posso me comunicar com ela para ensinar-lhe algumas coisas essenciais. Vou ensiná-la a dar um bom golpe, vou ensiná-la a desfrutar do sexo quando seu clitóris e lábios são estimulados com um vibrador. Eu também lhe ensinarei o que significa ser um escravo. Vou chicotear o seu bichano todos os dias, principalmente em combinação com o uso de um vibrador para que ela em algum momento no tempo já não seja capaz de discriminar entre dor e prazer. Vou colocar grampos e cavilhas em seus mamilos e lábios, esticar seus lábios. Vou intensificar o seu treinamento quando eu tratar sua buceta com mais e mais agulhas. Sua buceta será tratada com coisas quente, seu clitóris será torturado com agulhas, sua buceta será eletrocutada, sua buceta será costurada. Qualquer forma possível de tortura, ela terá de suportar antes que ela chegue ao próximo estágio de sua transformação. Nesta fase, vou vendá-la a maior parte do tempo. Eu tenho uma câmera funcionando a maior parte do tempo e ela terá que assistir a sua própria tortura, e mais alguns filmes de tortura mais hardcore, pelo menos, uma hora por dia.

Em algum momento ela não será apenas fisicamente um escravo, mas também se tornará mentalmente um escravo. Sua mente já não resiste, ela tem sido totalmente submissa. Então eu farei as últimas modificações para fazer dela um Brinquedo Escravo. Ela já está imobilizada e incapaz de se comunicar, porque já não é capaz de falar. Até agora ela ainda era capaz de ver e ouvir, ela não era completamente surda. Um verdadeiro brinquedo escravo já não pode se mover, falar, ver ou ouvir, mas apenas sentir.

Antes de privá-la de seus últimos sentidos, dou-lhe um leve anestésico. Coloquei fones de ouvido em suas orelhas e joguei por várias horas ruídos extremamente altos nos fones de ouvido. Isso será suficiente para prejudicar sua audição para o bem, ela não será capaz de ouvir mais. Com um toque final vou tratar seus olhos com um laser. Ela não será completamente cega. Minha Tanya e Luda ainda reagem em luzes fortes e eu acho que eles ainda podem ver algumas sombras fracas, mas elas não podem reconhecer mais nada e elas são quase surdas. No entanto, eu irei vendá-las a maior parte do tempo, mas isso é porque eu gosto de uma menina vendada. Elas estão completamente drogadas, elas não fazem barulho quando vou torturá-las. Eu só posso ver as reações de seus corpos, o aumento da velocidade da respiração e a expressão em seu rosto quando está sofrendo dor.

Quando ela se recuperar do processo, ela agora é transformada em um pequeno brinquedo desamparado e pronta para venda. Elas são muito fáceis de manter; Apenas um pouco de comida, só precisa de um pouco de cuidado (limpeza diária). Elas são imobilizadas e você pode anexá-las a qualquer objeto e até mesmo fazer “decoração” fora deles. Elas não podem falar, ouvir ou ver; Elas são completamente sem sentido. As escravas que estão à venda ainda são virgens e estão entrando na puberdade. No entanto, são bem treinados para o sexo oral e foram torturadas e abusadas pesadamente. Elas podem engravidar, então o uso de anticoncepcional é aconselhável, a menos que você goste de ter um brinquedo escravo grávida. Apenas deixe-me saber se você quiser pedir um.”

Sim, é uma história muito longa e incrivelmente detalhada. Agora e você, acredita nisto? Acha mesmo que é viável um procedimento extremo como este que acabou de ler? Quero saber sua opinião! Nos deixe a sua percepção da história nos comentários.

Complemento para a sua Freenet

Para você que faz uso da Freenet pois enjoou do Tor, assim como eu, venho indicar um complemento muito bacana, que irá aperfeiçoar o uso da própria Freenet. Esse tal complemento se chama “WebOfTrust“.

WebOfTrust é um plugin da Freenet que consiste em tornar sua navegação mais segura, como o próprio nome já diz, a ferramenta cria identidade para os usuários quais são baseadas em reputações. Basicamente o uso dela na Freenet se dá para eliminar os robots, assim como spam’s e coisas ridículas que podemos enfrentar na navegação.
*Vale lembrar que a Freenet é uma Darknet P2P, ou seja, você é conectado a outras pessoas.

Sem muita história vou ensinar como fazer uso desta ferramenta.

Com a Freenet aberta, vá até a área de plugins.
*Irá se deparar com esta imagem:

screenshot_2016-10-18_02-10-14

Em “Communication Plugins” você irá selecionar “WebOfTrust” (Não é o Experimental). Após isso, descendo um pouco, você encontrará “Load”. É nele que você vai clicar. Aguarde fazer download (Caso trave, atualize a página.)

Pronto, você está com o WebOfTrust instalado na sua Freenet, agora vamos criar uma identidade.

Na parte de cima você vai encontrar a seção “Community”. Clicando nela, você vai direto para a criação da sua identidade. Veja nas imagens:

screenshot_2016-10-18_16-59-02

Clique em “Continue”.

screenshot_2016-10-18_16-59-52

Vai aparecer um nome aleatório, você só tem que clicar novamente em Continue.

screenshot_2016-10-18_17-00-50

É interessante nesta parte você traduzir caso não entenda o inglês, para que assim possa entender melhor o seu próprio uso.
E claramente, clique novamente em Continue.

screenshot_2016-10-18_17-05-38

Agora, você vai ter que logar na sua identidade, e para isso basta clicar em “Log in”.

screenshot_2016-10-18_17-07-14

Agora logado, como alertou a imagem anterior, você vai ter que resolver cerca de 10 puzzles em “Introduce”. Assim eles tem certeza de que você não é um robot, e todos poderão ver o seu perfil. *Os puzzles demoram algumas horas para aparecer, então tenha calma, e aguarde aparecer os 10.

Este é o WebOfTrust, uma ferramenta simples que cria uma identidade para você e torna a sua navegação mais confiável.
Baseado em outros profiles “Trusters/Confiáveis”. Caso tenha alguma dúvida, não hesite em deixar nos comentários!

Medidas de segurança ao acessar à Deep Web

Quando falamos em “Deep Web”, o que vêm a sua cabeça? Se a resposta for; Gore ou algo absurdamente surreal, você já começou mal. Antes de mais nada você deve pensar na sua segurança, como; Será que estou seguro? Será que é confiável os softwares que estou utilizando?

Pois desde então sabemos que o Tor Browser não é mais aquela coisa que acreditávamos ser antigamente, “a melhor fonte de segurança e anonimato”. Hoje ele se mostra mais frágil e inseguro. Eu não confiaria minha segurança no Tor Browser, e você?

Adicional: O Tor Browser é baseado no Firefox ESR (Extended Suport Release), com algumas modificações e add-ons.

Mas para a nossa alegria, não existe apenas o Tor Browser, existe também o chamado “Expert Bundle”. Você visualiza ele na seção de downloads em ” View All Downloads”. Ah, e antes que eu esqueça, o Expert Bundle é redirecionado para usuários Windows, caso você esteja no Linux ou seja lá o que for, você encontrará nos repositórios oficial da sua distro com o nome de “tor”. Para maiores informações acesse a wiki da sua distro Linux.

Continuando… O uso dele é extremamente fácil, basta você baixar o arquivo zip, extrair na sua área de trabalho, entrar na pasta Tor e dar dois cliques no arquivo executável “Tor”. Aguarde iniciar e pronto!

Agora que chegamos até essa parte temos que selecionar um navegador. Eu recomendo que você utilize o Mozilla Firefox, a versão ao seu gosto, porém eu utilizo a Developer Edition. (Caso haja conflito de profiles do Firefox, crie um novo para acessar o TOR. Basta ir em executar e digitar “firefox -p”)

Pronto, escolhemos a versão adequada. Agora vamos as configurações do firefox:

Em Search escolha Duckduckgo como padrão.

Em Applications selecione todas as ações em “Always Ask”.

Em Privacy, Marque a opção Use Tracking Protection in Private Windows, e depois clique em manage your  Do Not Track settings e selecione novamente, logo abaixo, em History, selecione “Use custom settings for history”, marque a opção “Always use private browsing mode” e também marque “Accept cookies from sites”, em Accept third-party cookies, selecione Never. O restate das outras opções você desmarca.

Em Security, desmarque a opção “Remember logins for sites”.

Em Advanced, vá em Data Choices e desmarque tudo, após, vá em Network e clique em Settings, agora iremos configurar a proxy do Tor para que ele já reconheça. Selecione a opção Manual proxy configuration, e em Socks Host escreva: 127.0.0.1, e após, coloque a porta, em Port, 9050 e de um Ok. Pronto!

A configuração básica já foi e agora iremos utilizar configurações avançadas customizadas, e elas estão disponíveis para download aqui. Siga os procedimentos que está explicado no repositório. Agora pode fechar e abrir novamente o Firefox. Chegamos no último processo que é a escolha dos add-ons, que irá dar uma ajuda na sua segurança. Para isso é fácil, basta acessar o site de Addons do Mozilla, https://addons.mozilla.org, procurar os addons e instalar.

São esses addons que você terá que instalar no seu firefox: Noscript, Policeman, HTTP Everywhere, Random Agent Spoofer, Ublock, Self-Destructing Cookies, SSleuth. Após ter instalado tudo, reiniciado o firefox, iremos testar a conexão com o Tor. Acesse um link .onion e desfrute!

Lembrando que você também pode utilizar esse mesmo navegador para acessar outras redes, como Freenet, I2P, etc… só alterar as configurações de rede no navegador ;).

OBS: Essa é uma forma alternativa para quem não quer utilizar o Tor Browser.

OBS²: Para melhorar mais ainda, recomendo que utilize um VPN de sua confiança.

Considerações finais, antes de mais nada, gostaria de dizer que o usuário é a maior ferramenta de segurança. A forma que você utiliza a internet, os dados que você expõe, as coisas que você baixa, etc…

Espero que gostem, até mais.